2016 – o ano que passa “gradientizando”

Lá pelos idos de 2005, quando iniciei a jornada acadêmica no design, através do SENAI, os professores nos instruíam a não lançar de ferramentas e/ou técnicas em nossa futura vida profissional. Duas ficaram bem latentes até hoje em minha mente – não usar a fonte comic sans e não usar gradiente (o famoso degradê) em logotipos. Continuar lendo 2016 – o ano que passa “gradientizando”